97. Um filme com título esquisito

Revolucionei. Não quero e nem vou mais seguir a ordem da lista.

Vamos falar do filme Kamchatka (Pineyro, Argentina, Espanha, 2002).

Kamchatka é um nome esquisito o suficiente para fazer um post, certo? Para começar, Kamchatka não é uma dança latina como pode soar e sim uma localidade na Rússia. 

O filme conta a história de uma criança durante a ditadura argentina na década de 1970 que se vê obrigada a fugir e a se esconder dos militares. Kamchatka concorreu ao Oscar de melhor filme estrangeiro, mas não trouxe a estatueta para os hermanos.

O cinema argentino costuma realizar muitos filmes com a temática dos anos de chumbo. Obviamente essa é uma ferida aberta e o cinema é uma maneira de mostrar que os argentinos não esqueceram dessa época e nem da impunidade que ainda persiste. Recentemente, o cine argentino tem alçado voos altos, falando de diversas temáticas e ganhando mais fãs (eu já era, imagina agora!). O resultado, sem nenhuma surpresa, tem sido ótimo.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s