minha profissão não é viajar

Há algum tempo os objetivos eram mais desafiadores, tão distantes e impossíveis que só a probabilidade de não conseguir completá-los eram motivos para gargalhadas: ir à patagônia sem utilizar hotel – somente hospedagens alternativas, escrever um guia de viagens para mochileiros brasileiros, ir ao aconcágua, etc. Esses desejos foram se delineando ao longo dos anos e se fortalecendo nos últimos cinco.

O fato é que eu não só viajo, não sou rica e não tenho rios de milhas. Minha profissão não é viajar e não quero que seja. Viajar envolve planejamento e desprendimento (esse último, ao menos nas minhas viagens). O planejamento evita custos desnecessários e o segundo evita lembranças, mimos, presentes para toda família e também o luxo e a privacidade. Viajar bem não significa exatamente hotel com banheiro privado e café da manhã. Para mim, viajar bem é compartilhar.

Mas sim, eu dou dicas de viagens e você pode me perguntar qualquer coisa (não sendo hotel, porque dificilmente utilizo). O que eu souber, irei responder.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s