insônia é seu nome

entra pelas frestas da janela de madeira e prefere as noites com ventania; costuma embrutecer sonhos e aportar embarcações que teriam o além-mar como fim.

fizemos um pacto – ela me pareceu de confiança. pode me visitar nas noites frias, somente as com vento, e eu faço companhia por uma hora e nada mais. A moça, solitária como a escuridão a amedrontar os vagos da noite, aceitou resignada nosso trato sem assinaturas.

fecho os olhos e começo a ouvir suas historietas. penso que poderia pegar no sono logo, mas ela pode não deixar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s